Abril 2014

-SEMETA-

Sou um cometa sem gelo, sem cauda.
A ausência de sentido trilhando um caminho inexato, rumo à impactante e inevitável colisão.

Influência de gravidade negativa...
Poeira cegando,
Estrelas queimando,
Um núcleo pulsando.

O traço que risca o céu, é o mesmo que fere a terra.
O frio que beija a vida, é o mesmo que finda a era.

Back to Top